Maria João Pereira

Licenciada em Economia pela Universidade de Coimbra, faz parte da administração da XGT, S.A., é consultora informática e diretora financeira do XIS Group. Integra a equipa desde 1999, tendo assumido funções um ano após a abertura de portas do Grupo. Recorda o “grande desafio” que representou esse passo, vincando que “foi quase como construir a empresa do zero.” Desde então, o grupo cresceu, os desafios multiplicaram-se e tornaram-se mais complexos. O projeto era cada vez mais “aliciante”. Continua a ser. Muito. E isso explica, em parte, a devoção que não abranda, traduzida em competência e tempo dedicado aos mais exigentes clientes.

Natural de Leiria, em criança, já gostava de números, mas o seu grande sonho era ser nadadora olímpica. Passava os verões a nadar, e, embora não tenha marcado presença nos Jogos Olímpicos, já cortou muitas metas.

“Definir estratégias, pensar no futuro daquela organização para a qual trabalhamos e perceber como podem aquelas pessoas responder aos vários desafios que vão surgindo”. É pelo tecido desta narrativa que passam algumas das principais incumbências de Maria João Vieira.

“Por vezes, pode parecer que o apoio que prestamos aos clientes se restringe à área informática, mas, na realidade, vamos muito além disso. Assimilamos, ainda, as áreas da contabilidade e dos recursos humanos, o que nos permite oferecer respostas várias e complementares.”

A gestão humanizada, a todos os níveis, repercute-se no resultado final e não restam dúvidas de que este é, definitivamente, o ‘fator XIS’. De resto, nem poderia ser de outra forma. “Temos de conhecer muito bem o cliente, porque estamos a fazer um trabalho por eles. E há, de facto, um envolvimento grande. Tratamo-nos pelos nomes, somos próximos.”

O difícil é ‘desligar’, porque esta é uma “missão em contínuo”, mas, de vez em quando, tem mesmo de ser. Nesses momentos, é a dançar, ao som de “músicas que já ninguém ouve”, que descontrai. “Tenho dificuldade em desligar, mas quando danço, não penso em nada.”