Olá, Primavera!

Hoje, voltamos a dobrar uma estação. Recomeçamos do princípio, mas partindo do tanto que já construímos.
É desta forma que queremos continuar a atravessar os tempos que fazem o tempo. Sabendo que também nós, todos nós, somos feitos de estações.

Olá, primavera!